Volta Redonda fecha primeiro semestre com queda de até 50% em índices criminais

Volta Redonda fecha primeiro semestre com queda de até 50% em índices criminais

Roubos de veículos, a estabelecimentos comerciais e em coletivos apresentaram maiores reduções; mortes violentas também caíram

 

Volta Redonda tem reduzido seus índices criminais mês a mês. No primeiro semestre deste ano, o município registrou queda de até 50% em comparação com o mesmo período de 2023, de acordo com dados do Instituto de Segurança Pública do Rio de Janeiro (ISP-RJ). Entre os itens em queda estão: roubo em coletivo, roubo e furto de veículo, letalidade violenta e roubo a estabelecimento comercial.

A maior redução foi no roubo em coletivo com 50% de queda. Já os roubos de veículos caíram 44%, foram 25 registros em 2023 e 14 em 2024. Os furtos de veículos apresentaram queda de 30%: de 70 para 49, no comparativo entre os dois anos. A letalidade violenta, que abrange homicídio doloso, lesão corporal seguida de morte, morte por intervenção de agente do estado e roubo seguido de morte (latrocínio), registrou queda de 28%, em comparação com o mesmo período de 2023. Na sequência, aparecem o roubo a estabelecimento comercial (-11%) e furto a pedestres (-9%). Não houve registro de roubo de carga neste período.

O ISP-RJ reúne informações dos crimes registrados nas delegacias de Polícia Civil de todo o estado. Os números auxiliam as forças de segurança no planejamento e efetividade do policiamento.

Coalização pela segurança

O secretário municipal de Ordem Pública (Semop), coronel Luiz Henrique Monteiro Barbosa, celebrou as constantes reduções nos índices criminais em Volta Redonda e destacou a importância da integração entre os órgãos de segurança e a participação popular.

“Mais uma vez os números do ISP-RJ mostram que estamos em evolução no combate aos índices criminais. Nós vamos ajustar ainda mais o nosso planejamento operacional para que os outros indicadores também possam ser reduzidos. É importante frisar a participação dos moradores de Volta Redonda. Não existe sucesso na segurança pública sem a participação da sociedade. Até porque não conseguimos ter uma viatura em cada esquina, mas podemos ter um cidadão de bem que pode municiar com informações e demandar as forças de segurança. E é isso que tem facilitado o nosso trabalho”, afirmou Luiz Henrique.

Parcerias fortalecem segurança

Os investimentos na segurança pública feitos pela prefeitura, em parceria com o Governo do Estado, incluem a aquisição de 15 novas viaturas; a implementação do policiamento suplementar com o Sistema Integrado de Segurança – com atuação de policiais militares e guardas municipais – e a Operação Segurança Presente; a ampliação do sistema de monitoramento por câmeras com a reativação das bases da Polícia Militar nos bairros Jardim Vila Rica/Tiradentes e Santo Agostinho.

Outra parceria voltada à segurança pública foi a com a Associação de Moradores do bairro Laranjal. Por meio dela, as câmeras particulares do local foram absorvidas e incorporadas ao Ciosp (Centro Integrado de Operações de Segurança Pública). A medida amplia a capacidade de monitoramento por câmeras da cidade. Todos aqueles que tiverem interesse em participar do projeto, sem custo nenhum, devem procurar a Secretaria Municipal de Ordem Pública, na Ilha São João, para fazer parte de um grande cinturão de segurança.

Fotos de arquivo – Secom/PMVR.

Pin It

Últimas Notícias