PRINCIPAIS NOTICIAS
Rubem Confete é homenageado pela ABI no Dia da Consciência Negra

Rubem Confete é homenageado pela ABI no Dia da Consciência Negra

Agência Brasil,

O sambista e apresentador da Rádio Nacional do Rio de Janeiro, Rubem Confete, é um dos homenageados na série especial da Associação Brasileira de Imprensa (ABI) para marcar o Dia da Consciência Negra, celebrado nesta segunda-feira (20).1700557664 944 ebc1700557664 350 ebc

Aos 86 anos, Confete é um griô, aquele que mantém viva a memória do grupo, que conta as histórias e mitos da cultura africana.

A trajetória de Confete mistura-se com a história do Rio de Janeiro e do carnaval. Foi passista na Estação Primeira de Mangueira, além do convívio com Pixinguinha, Dona Ivone Lara, Jamelão, Xangô da Mangueira e Candeia.

Em depoimento ao programa Acervo Jornalista Gustavo de Lacerda, no canal da ABI no Youtube, Rubem Confete fala sobre a família, o gosto pela leitura e como o samba entrou em sua vida.

Leia Também  MP denuncia cinco suspeitos de matar Mãe Bernadete na Bahia

Como compositor, fez parcerias com Nei Lopes, com Pagode do Exorcista, em 1974. No ano seguinte, foi a vez de Xangô é de Baê, junto com João Donato e Sidney da Conceição.

Confete trabalha há 43 anos na Rádio Nacional, da Empresa Brasil de Comunicação (EBC). Atualmente, apresenta o programa Histórias do Confete, da Rádio Nacional do Rio de Janeiro, além da Rádio MEC e TV Brasil. Iniciou no jornalismo na revista Guanabara, com passagens pelo Tribuna da Imprensa, Lampião da Esquina e no Pasquim, a convite do Jaguar. Foi também comentarista de carnaval nas emissoras Manchete e Globo.

O Acervo Jornalista Gustavo de Lacerda é uma parceria da ABI com a Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), que reúne depoimentos de jornalistas negros brasileiros sobre diversos temas.

Leia Também  Deputada federal indígena Joênia Wapichana chefiará Funai  

 

Fonte: Agencia Brasil

Últimas Notícias