PRINCIPAIS NOTICIAS
Prefeitura de Volta Redonda realizou a doação de seis cadeiras de rodas motorizadas em 2023

Prefeitura de Volta Redonda realizou a doação de seis cadeiras de rodas motorizadas em 2023

Equipamentos adquiridos por meio do Centro Especializado em Reabilitação (CER III) beneficiam moradores do município

 

O melhor presente de Natal adiantado. Essa foi a frase usada pelas duas mulheres que ganharam cadeiras de rodas motorizadas da Prefeitura de Volta Redonda na tarde desta quinta-feira (21). Maria Aparecida de Oliveira Santos e Ana Maria Salazar Bravo foram a quarta e a quinta beneficiadas com o equipamento adquirido através do Centro Especializado em Reabilitação (CER III), que vai fechar 2023 com seis cadeiras de rodas motorizadas entregues a moradores de Volta Redonda.

Maria Aparecida esteve no CER III com o marido José Gonçalves, a filha Daniele e o neto Davi, de oito anos. Ela é moradora do bairro Retiro e sofreu um AVC (Acidente Vascular Cerebral) há três anos. “Não consegui a reabilitação total, e desde então sou cadeirante. Estou muito feliz em ganhar a cadeira motorizada. O equipamento vai trazer mais conforto e liberdade para mim e também para a família. Agora, é só treinar o uso”, falou.

Leia Também  Concilia VR completa um mês e deve ampliar arrecadação em mais de 50% em relação ao mês de abril

Ana Maria mora sozinha do bairro Belo Horizonte e estava acostumada a se locomover com a cadeira de rodas manual. “Vou ganhar muita qualidade de vida. Confesso que estava ficando pesado para eu tocar a cadeira no braço. Estou muito feliz e agradecida pelo novo equipamento. Tenho certeza que logo estarei totalmente adaptada”, disse, lembrando que em abril de 2024 fazem 20 anos que ela é cadeirante.

Dona Ana foi sozinha buscar a cadeira de rodas motorizada no CER III, mas logo ganhou a companhia da responsável pela Ouvidoria da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Clicia Azevedo, e da funcionária do setor, Deise Serpa, que acompanham a paciente desde agosto de 2021. “Quisemos estar ao lado dela na hora dessa conquista. Ela é um exemplo de independência e vitalidade”, disse Clicia.

Leia Também  Volta Redonda promove ação em alusão à luta contra as hepatites virais

As cadeiras de rodas motorizadas beneficiam pacientes com necessidades específicas após avaliação dos profissionais que atuam no CER III, e que sejam residentes no município. O coordenador da unidade, Vladimir Lopes de Souza, explicou que parte do valor dos equipamentos foi pago com recursos federais, disponibilizados via Faec (Fundo de Ações Estratégicas e Compensação).

“O fundo é direcionado ao município, por isso a exigência de que os beneficiados sejam moradores de Volta Redonda, mesmo a unidade sendo regional”, explicou.

Vladimir acrescentou que a escolha dos pacientes que vão receber as cadeiras motorizadas é técnica. “Levamos em consideração a CID (Classificação Internacional de Doenças) e fazemos uma avaliação criteriosa sobre a necessidade e a capacidade de utilizar o equipamento”, disse o coordenador do CER III.

Centro de reabilitação é referência na região

O Centro Especializado em Reabilitação, que funciona no bairro Niterói ao lado da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), é referência na região, credenciado pelo Governo Federal para atender as 12 cidades do Médio Paraíba Fluminense. A unidade recebe pacientes com deficiências visual, física e intelectual. Eles são encaminhados pelas secretarias de Saúde de outros municípios ou unidades básicas – no caso de Volta Redonda, com indicação de médicos ou fisioterapeutas.

No CER III os pacientes são acompanhados por equipe multidisciplinar que se dedica à avaliação, prescrição, preparação, dispensação, adequação e treinamento para a entrega de órteses, próteses e meios auxiliares de locomoção, como bengalas e cadeiras de rodas.

Fotos: Geraldo Gonçalves – Secom/PMVR.

Pin It

Últimas Notícias