Prefeitura de Volta Redonda entrega mais de 100 obras na Vila Brasília e região

Prefeitura de Volta Redonda entrega mais de 100 obras na Vila Brasília e região

Mais de R$ 3,5 milhões investidos desde 2021 beneficiam moradores da localidade, que inclui Belo Horizonte, Coqueiros, Eldorado, Fazendinha, Vale Verde, Verde Vale e Mariana Torres

 

Moradores da região do Vila Brasília, em Volta Redonda, já receberam mais de 100 obras realizadas pela prefeitura, com mais de R$ 3,5 milhões em investimentos. Compreendendo o próprio bairro Vila Brasília e as localidades próximas (Mariana Torres, Vale Verde, Verde Vale, Eldorado, Coqueiros, Belo Horizonte e Fazendinha), a região ganhou melhorias em diversas áreas, como educação, saúde, saneamento básico, esporte e lazer.

A prefeitura, por meio do Fundo Comunitário de Volta Redonda (Furban-VR) e da Secretaria Municipal de Infraestrutura (SMI), já entregou 55 obras de reparo e construção de contenção em encostas e estabilização de taludes na região, visando à segurança da população, principalmente em dias de chuva. Foram mais de R$ 2,5 milhões em investimentos desde 2021 até este ano.

“A prevenção é o melhor remédio e essas obras nas encostas do Vila Brasília, assim como ocorrem em outras regiões da cidade, são fundamentais para que o morador possa se sentir seguro, inclusive durante a época das chuvas fortes, entre novembro e março”, afirmou o prefeito Antonio Francisco Neto.

Lazer

Além da segurança no ir e vir, a Prefeitura de Volta Redonda também já entregou 19 obras de construção e revitalização de praças, quadras, campos, passeios públicos e outros espaços públicos no complexo Vila Brasília, com mais de R$ 700 mil investidos por meio do Furban e da SMI.

Leia Também  Prefeitura de Volta Redonda recolhe 900 caminhões de entulho das ruas

Dentre os investimentos mais recentes está a revitalização da Praça de Lazer e do campo de grama sintética Venancia Juliana da Costa e Souza, no bairro Belo Horizonte, entregue aos moradores vizinhos neste mês de outubro. Localizada na Rua 6, a praça ganhou novos brinquedos, mesas de pingue-pongue, vestiário, quiosque com mesas e bancos, iluminação, pintura geral e paisagismo.

Saúde

A revitalização também aconteceu em duas unidades básicas de Saúde da Família (UBSF). Com cerca de R$ 220 mil em investimentos, foram revitalizadas a UBSF Maria Dias de Assis, no Vila Brasília, e a UBSF Durseso José Ribeiro, no Mariana Torres.

As unidades da Atenção Primária à Saúde passaram por reforma geral, incluindo troca e reparos em telhado, pintura, substituição de portas, troca de torneiras, revisão elétrica e hidráulica, substituição de coberturas, entre outros serviços.

Água e Esgoto

E a melhoria na saúde dos moradores também está associada ao saneamento básico. Por meio do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae-VR), o governo municipal concluiu 17 obras para melhorar o acesso à água potável e à coleta e tratamento de esgoto das moradias na região.

Dentre as 11 melhorias relacionadas ao abastecimento de água, estão: a construção de 80 metros de redes e novas interligações em ruas do Verde Vale, beneficiando 60 residências; extensão de 53 metros de rede, interligando as ruas K e C-1, no Vila Brasília; e a construção de uma subestação de energia elétrica no pátio da SMI, visando estabilizar a energia e garantir o funcionamento dos sistemas responsáveis pelo fornecimento de água para o Vila Brasília, Coqueiros, Mariana Torres, Belo Horizonte e Verde Vale.

Leia Também  Volta Redonda: novas turmas do “Mulheres Mãos à Obra” têm início na próxima segunda-feira (26)

Em relação à coleta e tratamento do esgoto sanitário, foram entregues seis obras, como a construção da nova rede de esgoto na Alameda 34, no Mariana Torres, beneficiando mais de 20 famílias que sofriam com retorno de esgoto em suas casas; e 150 metros de rede de esgoto sanitário na Rua da Figueira, no Verde Vale, atendendo 30 famílias.

Educação

Na área da educação, o governo municipal entregou, por meio da Secretaria Municipal de Educação (SME), a reforma completa da Escola Municipal Octacília da Silva Stockler Mendonça, localizada no bairro Vila Brasília. Com investimento de cerca de R$ 580 mil, os espaços ganharam melhorias estruturais e revitalização de algumas áreas, para melhorar o atendimento aos estudantes.

Na unidade escolar, com 489 alunos matriculados (64 da Educação Infantil e 425 do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental), as equipes realizaram troca da estrutura e das telhas do telhado; substituição das calhas e colocação de novos tubos coletores de água pluvial; troca das portas e ferragens danificadas; substituição de pisos e pastilhas quebrados; pintura geral interna e externa; além de construção de muro.

Segurança

Os alunos e professores das unidades de ensino municipais da Vila Brasília também foram beneficiados com a implantação do sistema de segurança, que contempla as câmeras de monitoramento, os sensores de presença e o “botão do pânico” – dispositivo que aciona o Ciosp (Centro Integrado de Operações de Segurança Pública) em casos de perigo iminente.

Leia Também  Jogos Estudantis de Volta Redonda é aberto com a participação do jogador da Seleção Brasileira de Basquete 3x3 Leandro Discreto

Já contam com o novo sistema os centros municipais de Educação Infantil (CMEIs) Hebert de Souza (Belo Horizonte), Professor Mário de Jesus Palheta Nunes (Vale Verde) e Cirandinha (Vila Brasília); as escolas municipais Maria Carraro (Mariana Torres), Rubens Machado (Verde Vale), Carlos Sarkis (Coqueiros), Fernando de Noronha e Octacília da Silva Stockler Mendonça (Vila Brasília); além do Colégio Municipal Norberto Reduzino de Sá (Vila Brasília).

O prefeito Neto falou sobre a importância das obras e lembrou que, desde 2021, foram definidas prioridades em várias áreas para reconstruir e promover melhorias em toda a cidade, incluindo regiões como a do Vila Brasília.

“É uma área com muitas residências e famílias. E o papel do governo é esse: melhorar o dia a dia desses moradores e essas obras estão fazendo a diferença na vida deles. E vamos trabalhar por mais e também em outras áreas, como a segurança. Já temos cinco câmeras do projeto Cidade Monitorada, que monitoram as entradas e saídas do bairro, e vamos ampliar esse número”, acrescentou o prefeito.

Fotos de arquivo – Cris Oliveira.
Secom/PMVR

Pin It

Últimas Notícias