Trabalhos foram iniciados na nova avenida próxima à Gare da Estação

As obras do Pátio de Manobras seguem dando uma nova cara para Barra Mansa. Nesta semana, um trecho da nova avenida, que está sendo aberta às margens da linha férrea, está recebendo serviços de paisagismo e reflorestamento.  A execução dos trabalhos é de responsabilidade do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) e acompanhada pela Prefeitura de Barra Mansa, por meio da Secretaria Municipal de Planejamento Urbano.
Em outubro do ano passado, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SMMADS) realizou o manejo da arborização urbana na área central do município, com trabalhos de remoção de árvores exóticas da espécie leucena, que não são originárias da flora brasileira. De acordo com o secretário de Planejamento Urbano, Eros dos Santos, o serviço foi necessário por conta das obras de readequação ferroviária.
– A leucenas, além de não serem do nosso bioma (Mata Atlântica), possuem uma estrutura que danifica as calçadas, manilhas e até os sistemas de drenagem. Diante disso, fez-se necessária a retirada das árvores para que elas não causem avarias nas obras do Pátio de Manobras – detalhou Eros.
O prefeito Rodrigo Drable destacou a importância das obras e dos trabalhos de reflorestamento que estão acontecendo pela cidade. “Estamos fazendo grandes obras que vão mudar a mobilidade de Barra Mansa. São passarelas, novas vias, viaduto, além de jardins e áreas de convivência. Estão sendo plantadas novas árvores para recuperar aquelas que tiveram a necessidade de serem cortadas. Vale dizer que Barra Mansa possui várias áreas de reflorestamento, pelas quais nós recebemos prêmio de recuperação de matas ciliares de afluentes do Rio Paraíba do Sul”, disse o prefeito
A readequação ferroviária consiste em três grandes pontos: o agrupamento das linhas férreas no eixo central; a primeira avenida (que já está recebendo asfaltamento) começou próximo ao Córrego Cotiara, ao lado da Rua Prefeito João Chiesse Filho, passa sob o viaduto Doutor Didácio de Souza Fonseca, no Centro, seguindo até o bairro Barbará; após a conclusão do viaduto próximo a Saint-Gobain, será possível iniciar as obras da segunda avenida, que terá um trecho parecido com a primeira, porém se estenderá até a passagem de nível do bairro Saudade, margeando o Parque da Cidade, a Prefeitura e o Parque Centenário.

Leia Também  ‘Festival Urbanóide’ acontece no Corredor Cultural neste final de semana