Operário morre em acidente em estrutura montada para 7 de setembro

Operário morre em acidente em estrutura montada para 7 de setembro

Um trabalhador morreu e outros três ficaram feridos, um deles em estado grave, após o desabamento de uma tenda metálica usada na estrutura que está sendo montada para o desfile do Dia da Independência, em 7 de setembro, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília. O acidente ocorreu na tarde desta quinta-feira (31), por volta das 15h30, na altura da Catedral Metropolitana.1693559254 0 ebc1693559255 391 ebc

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a estrutura metálica de aproximadamente oito metros de altura caiu sobre os operários. Genes Gomes Coelho, de 35 anos, sofreu traumatismo craniano, ferimento no tórax e ficou inconsciente. Ele foi levado ao Hospital de Base de Brasília (HBB), mas não resistiu aos ferimentos e faleceu.

Uma outra vítima, identificada como Jardelmo Nunes da Silva, de 35 anos, foi socorrida por uma equipe do Samu e também levada ao HBB. Seu estado de saúde é considerado grave, e não há detalhes. As outras duas vítimas são Maxwell Meira da Silva, de 30 anos, que apresentou ferimento na perna, e Jessé Dionísio de Sousa, 37 anos, com fratura exposta na perna direita e escoriações.

Em nota, a Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (Secom) lamentou o acidente. Segundo a pasta, os funcionários atuavam na montagem da estrutura de uma exposição, evento paralelo ao desfile do 7 de Setembro, que ocorrerá na parte externa do Museu Nacional da República.

“As causas do acidente serão devidamente apuradas pelos órgãos competentes. A Secom manifesta sentimentos de solidariedade aos trabalhadores e suas famílias. E fica à disposição para auxiliar no que for necessário”, diz a nota. O titular da Secom, Paulo Pimenta, também se manifestou pelas redes sociais. “Minha total solidariedade aos familiares e amigos de Genes Gomes Coelho, vítima do acidente em uma das estruturas para o 7 de Setembro, e dos demais trabalhadores feridos, aos quais desejo pronta recuperação”, postou o ministro.

, Pedro Rafael Vilela – Repórter da Agência Brasil

Fonte: Agência Brasil

Últimas Notícias