Mulheres discutem, no Rio, etarismo e autocuidado

Mulheres discutem, no Rio, etarismo e autocuidado

Ana Cristina Campos – Repórter da Agência Brasil,

Com foco na saúde da mulher, o projeto Mulheres na Roda tem como meta a partilha de saberes entre mulheres com mais de 50 anos. A iniciativa dessa roda de conversa é criar um espaço de escuta e partilha entre pessoas do sexo feminino, de seus saberes e suas questões.1693393855 145 ebc1693393855 862 ebc

Para a fisioterapeuta e pós graduanda do programa de Promoção de Saúde, Fiocruz/Instituto Fernando Filgueiras, Lucíola Lessa, umas das mediadoras da iniciativa, socialmente as mulheres dessa faixa etária não têm tido espaço e escuta para o autocuidado.

“Os assuntos que surgem são a partir da demanda das mulheres. A gente começa a atividade com uma dinâmica que pode ser a apresentação de pessoas, pode ser uma meditação e podem ser perguntas. No próprio relato, elas trazem suas histórias e as questões vão aparecendo. A roda não é professoral. Ela é uma troca de informações e experiências”, disse Lucíola.

Envelhecimento ativo

As conversas tratam sobre invisibilidade social, possibilidades de trabalho, envelhecimento ativo, alimentação, projetos pessoais, relações afetivas, sexualidade, amigos, autocuidado, violência doméstica, cultura, medo, depressão, crise de pânico e solidão, entre outros temas. “A roda faz uma rede de apoio”, acrescentou a fisioterapeuta.

O projeto Mulheres na Roda será nesta quarta-feira (30), às 15h, no Bistrô do Museu da República, na Rua do Catete, 153, na zona sul do Rio de Janeiro, com participação gratuita.

Fonte: Agencia Brasil

Últimas Notícias