PRINCIPAIS NOTICIAS
Mais de 90 guardas municipais de Volta Redonda concorrem a capacitação do Governo Federal

Mais de 90 guardas municipais de Volta Redonda concorrem a capacitação do Governo Federal

Agentes estão inscritos no projeto Bolsa-Formação, do Pronasci 2; objetivo é estabelecer políticas sociais e ações de proteção às vítimas

Noventa e quatro guardas municipais de Volta Redonda se inscreveram para participar do projeto Bolsa-Formação, oferecido pelo Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci 2), ligado ao Ministério da Justiça e Segurança Pública e destinado à capacitação de agentes da segurança pública. Dois membros da Guarda Municipal de Volta Redonda (GMVR) – os inspetores Fernandes e Valdo Rocha – também foram selecionados como tutores e auxiliarão inscritos de todo o Brasil via ensino a distância (EAD).

Durante o curso, que terá início no próximo dia 18, os guardas municipais receberão um pagamento no valor de R$ 900. Ao todo, foram disponibilizadas 100 mil Bolsas-Formação em todo o país. De acordo com o Governo Federal, a capacitação prevê o aprimoramento do Estado Democrático de Direito, o fortalecimento do Sistema Único de Segurança Pública (Susp) e a defesa dos direitos e garantias fundamentais, sobretudo aqueles relativos à proteção de minorias e grupos vulneráveis.

Leia Também  Agentes do Proeis e da GMVR detêm homem que conduzia moto adulterada, em Volta Redonda

“Essa capacitação oferecida pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública vai proporcionar que os nossos agentes possam prestar um serviço de maior qualidade para a população. Ficamos satisfeitos por ver o interesse desses mais de 90 inscritos da Guarda Municipal, já que o cadastro não é obrigatório”, comentou o secretário de Ordem Pública de Volta Redonda, tenente-coronel Luiz Henrique Monteiro Barbosa.

O comandante da GMVR, Silvano de Paula, agradeceu o apoio da Semop (Secretaria Municipal de Ordem Pública) na busca pela qualificação, e comentou sobre a atividade realizada para auxiliar os interessados na capacitação.

“Disponibilizamos, dentro da GMVR, computadores e pessoas para ajudarem na inscrição, porque eram muitos detalhes, como apresentar várias certidões criminais, orçamentárias etc. Os interessados tiveram todo o suporte, e agradeço ao tenente-coronel Luiz Henrique pelo apoio”, disse.

Leia Também  RESENDE REALIZA PRIMEIRAS CIRURGIAS NO NOVO POLO DE ATENDIMENTO À ENDOMETRIOSE DAS AGULHAS NEGRAS

Pronasci 2

O objetivo do Pronasci 2 é desenvolver ações de prevenção e repressão à criminalidade e qualificação profissional dos agentes de segurança pública, estabelecendo políticas sociais e ações de proteção às vítimas. Alguns dos eixos prioritários do programa são fomento às políticas de enfrentamento e prevenção de violência contra as mulheres; segurança pública com cidadania e foco em territórios vulneráveis e com altos indicadores de violência; cidadania, focando trabalho e ensino formal e profissionalizante para presos e egressos; apoio às vítimas da criminalidade; e combate ao racismo estrutural e aos crimes decorrentes.

Foto Semop/PMVR

Pin It

Últimas Notícias