Fundação Beatriz Gama forma mais 236 alunos de cursos profissionalizantes em Volta Redonda

Fundação Beatriz Gama forma mais 236 alunos de cursos profissionalizantes em Volta Redonda

Cerimônia na quadra da FBG reuniu familiares, amigos e participantes das qualificações realizadas durante o primeiro semestre

 

A manhã dessa terça-feira (8) foi de comemoração para os 236 formandos dos cursos profissionalizantes promovidos pela Fundação Beatriz Gama (FBG), em Volta Redonda, durante o primeiro semestre deste ano. Com a presença de familiares e amigos dos participantes, a formatura aconteceu na quadra da fundação, no bairro Retiro. Participaram alunos dos cursos de Cabeleireiro, Corte e Costura, Confeitaria, Depilação, Empreendedorismo, Estética Corporal, Eventos, Maquiagem, Mecânica de Autos e Manicure.

A mesa de abertura da cerimônia foi formada pelo chefe de Gabinete da FBG, Enio Baptista, que estava representando o presidente da Fundação Beatriz Gama, Vitor Hugo; a diretora social da FBG, Ethiene Correia; a coordenadora do Setor Profissionalizante, Maria Helena Avelino; e a diretora de Administrativo e Financeiro da fundação, Simone Avila.

Após os discursos dos membros da mesa oficial, da aluna oradora, que representou os formandos, e de uma das professoras, em nome dos outros profissionais que ministraram os cursos, foi a vez da entrega dos certificados aos participantes.

A profissional da área de saúde, Irenita Dias Fialho, moradora do bairro Santa Cruz, concluiu o curso de Cabeleireiro e contou que buscou se profissionalizar para atuar na nova área futuramente. “Eu dei um tempo na área da saúde e procurei novos caminhos. Esse curso de Cabeleireiro foi uma terapia para mim, mas também quero trabalhar na área”, citou.

Enquanto alguns buscam mudança de carreira, outros querem somar conhecimentos. É o caso da aposentada Cláudia Valéria Gonçalves, de 57 anos, residente no bairro Conforto, que concluiu o curso de Estética Corporal, seu segundo profissionalizante promovido pela Fundação Beatriz Gama.

“Eu fiz o de Eventos em 2019. Cheguei a fazer a inscrição depois para o de Mecânica, mas veio a pandemia e parou. Agora termino meu segundo curso e pretendo fazer todos. O de Mecânica, porque quero cuidar do meu próprio carro. Gostei muito dos cursos, primeiro pela qualidade do ensino, pelos profissionais que nós temos o contato, e também porque abre vaga de trabalho. Eu acho muito importante, porque a educação é algo valoroso, que a gente não perde nunca”, ressaltou Cláudia.’

Cursos abrem portas no mercado de trabalho

O presidente da FBG, Vitor Hugo, lembrou a importância do Projeto Cursos Profissionalizantes, que é voltado para a profissionalização de jovens e adultos, buscando aperfeiçoar habilidades, gerando oportunidades e crescimento pessoal e profissional.

“Essa qualificação visa formar pessoas com valores humanitários e profissionais para o atendimento das demandas no mundo do trabalho. Estimulando novos projetos e perspectivas de vida, através do empreendedorismo para a sua sustentabilidade e da própria família”, explicou Vitor Hugo.

Os cursos tem curta duração, com setenta por cento das aulas em módulo prático com conteúdo focado nas necessidades reais do mercado, gerando condições aos participantes de desenvolvimento do empreendedorismo e geração de renda. O público-alvo é formado por adolescentes, jovens e adultos com idades a partir de 16 anos, munícipes de Volta Redonda.

Fotos de divulgação.
Secom/PMVR

Pin It

Últimas Notícias