PRINCIPAIS NOTICIAS
Corinthians e Ferroviária avançam e decidirão Brasileirão Feminino

Corinthians e Ferroviária avançam e decidirão Brasileirão Feminino

A confirmação da vaga na final veio de formas distintas, mas Corinthians e Ferroviária superaram seus adversários e farão a grande decisão do Campeonato Brasileiro Feminino A1 de 2023. Neste sábado (2), as Brabas voltaram a derrotar o Santos, desta vez por 2 a 0 e se garantiram na decisão pela sétima temporada consecutiva. Já a Ferroviária viu o São Paulo desfazer a vantagem que as Guerreiras Grenás haviam construído no primeiro jogo e levar a definição da vaga para as penalidades depois de um triunfo por 2 a 0 nos 90 minutos. Na disputa por pênaltis, a estrela da goleira Luciana brilhou, dando a vitória à Ferroviária por 3 a 1. Corinthians e Ferroviária reeditarão a decisão do Brasileiro de 2019, vencido pela equipe de Araraquara nos pênaltis.1693698206 831 ebc1693698207 189 ebc

Os dois jogos da final ocorrerão ao longo dos próximos sete dias. Na quinta (7), a Ferroviária recebe o Corinthians na Arena Fonte Luminosa. Três dias depois, a equipe do Timão será a mandante no derradeiro duelo.

Leia Também  Atlético-MG sai atrás do Athletic na semi do Campeonato Mineiro

No confronto da primeira fase, as Brabas – como é conhecido o time feminino do Corinthians – golearam  a Ferroviária, fora de casa, por 4 a 1, em jogo da quarta rodada.

Brabas vencem Sereias da Vila por 2 a 0

No Parque São Jorge, o Corinthians, comandado por Arthur Elias – recém-nomeado técnico da seleção brasileira feminina –  tinha larga vantagem para o jogo de volta contra o Santos. Afinal, na ida, as Brabas, ganharam por 3 a 0 na Vila Belmiro. Com tamanha frente no placar, a equipe pode fazer um jogo mais seguro e terminou por confirmar a classificação com dois gols no segundo tempo.

Aos 16 minutos, após intervenção do VAR, a arbitragem marcou pênalti em toque de mão de Bia Menezes dentro da área. Duda Sampaio cobrou com categoria, deslocando a goleira Camila Rodrigues para marcar.

No fim do jogo, aos 43 minutos, o Corinthians rodou a bola pelo campo de ataque, até que Fernandinha recebeu cruzamento rasteiro e finalizou de primeira para fechar o placar: 2 a 0.

Leia Também  Definidos os atletas para duelo contra Porto Rico pelas Eliminatórias

A equipe corintiana, maior campeã brasileira com quatro títulos, sétima disputará a sétima decisão consecutiva.

Ferroviária sofre, mas passa pelo Tricolor

Em Araraquara, o cenário antes de a bola rolar era semelhante ao da outra semifinal. A Ferroviária fez 3 a 1, fora de casa, no jogo de ida e parecia ter grande vantagem diante do São Paulo. No entanto, o Tricolor precisou de apenas 45 minutos para trazer muitas incertezas para o duelo.

Em duas jogadas aéreas pela esquerda, na reta final da primeira etapa, o São Paulo recuperou terreno na eliminatória e foi para o intervalo com um placar que levava a decisão da vaga para os pênaltis. Aos 36, Micaelly levantou na área e Ariel, completamente livre, finalizou de cabeça para abrir o placar. Seis minutos depois, Micaelly cobrou falta pela esquerda, a bola atravessou toda a área sem que ninguém desviasse e morreu no fundo das redes de Luciana.

Leia Também  Tênis: dupla de Stefani bate a da compatriota Bia Haddad na Austrália

O segundo tempo foi tenso, dividido entre duas equipes que queriam evitar os pênaltis mas também temiam um gol fatal que as eliminasse. A vaga ficou mesmo para a decisão por pênaltis.

Neste momento, a goleira Luciana cresceu, enquanto as batedoras do Tricolor falharam. As três primeiras cobranças do São Paulo foram desperdiçadas. Cacau parou na trave direita, enquanto Pardal e Ariel tiveram seus chutes defendidos por Luciana. A disputa só durou um pouco mais porque Lari, pela Ferroviária, também não converteu sua cobrança. Mylena Carioca, na quarta cobrança da Ferroviária, marcou e fechou a decisão em 3 a 1.

A Ferroviária chega à sua terceira decisão. Até agora tem 100% de aproveitamento, com duas finais e dois títulos (o primeiro veio em 2014, na disputa com o Kindermann). 

, Igor Santos – Repórter da EBC

Fonte: Agência Brasil

Últimas Notícias