Cotas para negros e indígenas no RJ são prorrogadas por 60 anos

Barco com imigrantes vira no Canal da Mancha e mata ao menos 6 pessoas

Seis pessoas morreram depois que um barco com imigrantes que tentavam cruzar o Canal da Mancha, vindos da França, virou neste sábado (12), e outras duas pessoas estão possivelmente desaparecidas, disseram autoridades francesas. Quase 60 imigrantes foram salvos por embarcações francesas e britânicas e levados até terra firme. As buscas continuam, de acordo com a Prefeitura Marítima francesa.   1691881526 995 ebc1691881527 706 ebc

O prefeito de Calais, Franck Dhersin, afirmou que uma grande operação de resgate foi lançada às 6h no horário local (1h em Brasília), em um momento no qual dezenas de embarcações tentavam cruzar o canal simultaneamente. “Vários barcos estão passando por grandes dificuldades. Perto de Sangatte, infelizmente já foram encontrados alguns corpos”, afirmou.   

Anne Thorel, voluntária que tentava ajudar no resgate, descreveu os esforços desesperados de imigrantes para retirar água de uma das embarcações que afundava, usando os próprios sapatos. “Havia muitos deles no barco”, disse.   

Uma embarcação da autoridade imigratória britânica e dois botes salva-vidas tentavam resgatar outros imigrantes no Canal da Mancha. O governo do primeiro-ministro inglês, Rishi Sunak, passou a semana anunciando medidas para reduzir o número de pedidos de asilo na nação, uma jogada política para ganhar popularidade entre os eleitores, em um momento no qual o Partido Conservador está mal nas pesquisas de opinião.   

Dados do governo apontam para quase 16 mil imigrantes que cruzaram o canal apenas neste ano até agora. Em novembro de 2021, 27 pessoas morreram quando o bote em que estavam murchou no local.  

O Canal da Mancha separa a França do Reino Unido.   

(Reportagem de Pascal Rossignol em Calais; Ingrid Melander, Tangi Salaun e Christian Hartmann em Paris; e David Miliken em Londres)

*É proibida a reprodução deste conteúdo.

Reuters

Fonte: Agência Brasil

Últimas Notícias